domingo, 18 de junho de 2017

PESO

Um peso, toneladas de peso sobre as costas, um fardo mulher, um fardo homem.
Querias ter braços para deslocar o peso dos ombros, faltam-te braços, falta-te músculo.
O peso pesa cada vez mais, enterra-te.
Não sabes, não entendes, não percebes por que razão o peso cresce, por que motivo cresce sobre os teus ombros, curvando-te as costas. Ficas marreco.
Marreco de amor, és um fardo. Liberta os outros de ti.

És um peso.

2 comentários:

maria disse...

isto tem tanto que se lhe diga...

hmbf disse...

pois tem :-)